segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

As variações do tempo

Post um pouco melancólico hoje, mas real!
De vez em quando, precisamos de mudanças, embora não nos sintamos preparados, temos que realizá-las. Nessas situações, por medo das consequências e como tentativa de fuga, ás vezes tentamos colocar a responsabilidade de uma decisão sobre alguém...
Mas quem deve fazer as mudanças em você ou tomar as suas decisões??? Abaixo Você lerá "As variações do tempo" retratando algumas dessas tentativas.


As variações do tempo

Há uns dias quando me deitei
Pelo silêncio do meu quarto
Um som que ecoava, eu notei.

Gotas de chuva a pingar
Do outro lado da janela
Som tal que me fez pensar e repensar.

Em todas as chuvas que já vi,
Em algumas eu pulei sorridente
Enquanto de outras eu corri.

Outras, eu simplesmente as vi cair assim,
Como se estivessem me lavando.
Lavando e levando o pior  de mim.

Mas será que lavou?
Ou será que apenas mofou ?
E aqui dentro guardado, tudo continuou?

E o sol, bem cedo
Eu ali esperei,
Para que ele secasse e mudasse o que eu tinha medo.

Mas o sol bem rápido se escondeu,
E atrás veio o frio e a chuva
E assim a vida procedeu.

Foi assim que eu pude aprender,
Que as variações que acontecem em mim
Não é o sol, nem a chuva, que irão fazer.


Já passou por alguma situação assim???  Comenta aí ;)

     Gabriela Benicio